sexta-feira, 21 de julho de 2017

Rotina

  


    Quando eu era criança, planejava meus dias de adolescente toda a noite, imagina as festas super animadas, meus sonhos sendo alcançados e como seria meu primeiro beijo. Planejava viver cada dia como se fosse o ultimo. Bom, eu cresci.
   A metade das expectativas que eu tive quando era menor, não foram alcançadas, na verdade, a vida me mostrou que as coisas são mais que apenas expectativas que temos antes de dormir. Hoje em dia, temos dias corridos por causa do famoso ensino médio, que consome nossos pensamentos com provas e trabalhos, nos deixa inseguro em questão de futuro e profissões. Na verdade, nós nos acostumamos com nossa rotina. Nos acostumamos a acordar tarde e ir estudar o dia todo, chegar em casa e cair no sono pesado, feliz por pelo menos por em dia aquele sono atrasado. Nos acostumamos com os ''talvez, não sei'', nos acostumamos a ter medo do certo, o que te tira da rotina. Nos acostumamos a se afastar do diferente, a duvidar do que é bom e preferir ficar na sua zona de conforto, pois parece melhor do que mergulhar em algo novo. Aceitamos amores rasos, pessoas pela metade e quando encontramos pessoas intensas, fugimos com a desculpa no medo. O medo, essa palavra que te priva de fazer metade das coisas que, na infância, você sonhava. Você, que se perdeu no meio de tantos padrões e esqueceu sua essência, que pode acreditar, é incrível. Você, que deixa de usar aquele par de sapatos pois tem receio que as pessoas achem careta demais. Você, que tem medo de se relacionar pensando no fim.
   Não se acomode, sua vida é mais que uma rotina cansativa e reclamações.

Pra eu mesma

Oi 2014, sou eu. Sim, meu cabelo esta curto, sei que você sempre quis cortar. Queria que a Ana de 2014 soubesse de algumas coisas, por...