quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Deixa pra lá


Deixa pra lá
Deixa as mágoas guardadas na gaveta
Deixa as promessas esquecidas
Deixa as fotos armazenadas
Deixa aquela música pra lá
Deixa a água te percorrer
Deixa as pessoas entrarem
Desarma esse coração
Deixa os problemas
Deixa a perfeição
Deixa as expectativas
Deixa seu coração respirar
Não se controle
Deixa a tristeza no travesseiro

Respire fundo
Deixe as coisas pra lá.
Eu espero, que quando você se encontrar perceba
que o que sempre faltou em você
foi você mesma.

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

16 coisas que aprendi com 2016




1- Deixe tocar aquela música que você sempre pula, ela pode te surpreender.
2- Chore quando tiver vontade, você não se torna fraco por isso.
3-Veja o pôr do sol, a sensação é incrível
4-Sua nota não define sua inteligencia. (essa foi difícil)
5-Dê risada até não sair mais som algum, é uma dos maiores prazeres.
6- Não se entregue facilmente.
7-Perdoe, rancor não faz bem para ninguém.
8-Tome chá com sua mãe, fofoque e ria das coisas idiotas.
9-Adote um cãozinho, ele vai animar seus dias.
10-Seu suporte está em Deus.
11-Ame a si para depois amar alguém
12-Seu sorriso depende só de você mesma
13-Experimente aquela roupa na loja, não se prive das coisas por opinião alheia.
14-Se jogue numa espuma de sabão, é doido!
15-O melhor remédio é dormir.
16-Ter crise de riso com seus amigos no final da tarde, isso preenche muitos vazios.



Olá, 2017! 


domingo, 18 de dezembro de 2016

Recíproco


Perca-se dentro de si, menina!

     Não tenha medo de se afogar em seus sentimentos, afinal, uma das melhores sensações é quando você consegue se livrar. Não se torture com fotos, com perfeições que existem só no seu olhar, não se cobre tanto. Aceite seu nariz grandinho, aceite suas poucas curvas ou suas gordurinhas, aquelas linhas em seu corpo são poesias que nem todos sabem ler, são estrelas desenhadas em seu corpo. Tente não se acostumar com esses pensamentos que te proíbem de se amar. Se reconheça no seu olhar, no que você pode transmitir e ser. Se reconheça no temporal, no temporal que sua mente entra e que o seu coração se mete. Espere a tempestade passar, a tranquilidade vem logo. Você quer poesia, aventura e a tal palavrinha a-m-o-r, porém menina, para ter esse amor recíproco, seja recíproca consigo.

    Se desmanche quando precisar, só para ter o prazer de se montar novamente. O primeiro amor recíproco que você pode ter, é o seu amor próprio. O amor que você tanto lamenta não ter, que você jura não pertencer, na verdade, está guardado dentro de você. Se reconheça, se descubra. Você pode se fotografar, ficar horas se olhando no espelho e aceitando cada parte, pode desenhar, ou pode escrever, assim como estou fazendo agora. Tornando algo que me angústia, em algo que pode lhe aliviar. 


Se ame.

Pra eu mesma

Oi 2014, sou eu. Sim, meu cabelo esta curto, sei que você sempre quis cortar. Queria que a Ana de 2014 soubesse de algumas coisas, por...