quarta-feira, 28 de setembro de 2016

O ''livro'' Escritora Clichê



   Sempre me imaginei escrevendo este post, só não esperava que seria tão rápido. O ''Escritora Clichê'' nasceu a uns 3 anos atrás, na época que eu, com 12 anos, queria conquistar o mundo. Ainda quero. Eu preferi liberar o post primeiro e depois o vlog, vocês sabem que eu sou melhor com as palavras.
   O tempo que eu fiquei afastada do blog e do canal foi justamente em função desse projeto. As ilustrações, frases, detalhes, capa e etc.. Foram meses envolta do livro, meu professor corrigiu meus textos e eu comecei a fazer o livro em si. Ele não foi publicado oficialmente, por enquanto. A gráfica infelizmente acabou retirando um pouco da qualidade das imagens, mas é só um começo. O projeto foi ideia da minha bibliotecária Sônia Barbosa, que me deu todo o apoio e carinho. Se eu fosse agradecer cada pessoa que me ajudou a concretizar um pedacinho do meu sonho, eu iria acabar me perdendo. Por isso, sinta-se abraçado (a) por mim. O pessoal que sempre me acompanhou no blog e nos meus textos, tem um pedacinho de vocês nele. As sensações que eu senti no dia 15/9 foram mágicas. As borboletas que eu nem sabia que existia, simplesmente fizeram uma festa dentro de mim.  Eu e minha amiga, Dani Santos que também participou do projeto comigo, conversamos com o jornal da nossa cidade. Vou deixar o link para vocês, caso queiram.
   Ver o meu nomezinho lá na última página, foi uma das melhores coisas. Meu 2016 foi o melhor ano possível, cresci no canal e estamos, hoje, com 501 inscritos. O livro possui 32 páginas. Alguns dos textos já estão no blog, mas a maioria é inédito e são meus favoritos.



Minha parte favorita sem pensar duas vezes são as frases com as ilustrações. Tentei transmitir o que eu sentia enquanto escrevi cada um dos textos que o livro possui. No total são 15.








Bom, eu espero com todo meu coração que vocês tenham gostado tanto quanto eu. Eu queria ter compartilhado com vocês antes, mas eu fiquei sem internet e acabou atrasando tudo. Obrigada pelo apoio de sempre e pelos comentários que eu recebo no Instagram. Quem escreve sabe a satisfação que é receber elogios da nossa forma de ver o mundo. 
Aguardem pelo sorteio!




(Não sabem a dificuldade que eu tive para deixar as patinhas dessa pessoinha parada, haha)



Com todo meu amor, Anny                                                                                                    

http://www.viamao.rs.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=2191%3A2016-09-16-12-25-40&catid=2%3Anoticias&Itemid=14 

domingo, 4 de setembro de 2016

Para você eu guardei o melhor de mim.





   Eu guardei as coisas inúteis no meu guarda roupa.
   Guardei a ansiedade
   Guardei meus fantasmas
   Guardei o meu medo do amanhã.
   Para você eu guardei tanta coisa
   Guardei o melhor de mim
   Guardei o melhor beijo a sua espera, guardei um amor imenso que não suportava ficar guardado.
   Suportei as piores tempestades de sentimentos
   Até comecei a gostar de festas depois daquela que te conheci
   Nossa conexão era como as cores, eu era azul e você era uma cor que nem eu sabia descrever. Na minha visão coloria, dava a cor que meu arco iris não possui, mas era apenas imaginação.
   Para você, eu guardei o melhor de mim. E para que? Bom, para ficar guardado mesmo. Já que estou a sua espera até hoje.
   Já que meus fantasmas não aguentaram ficar guardados
   Já que meus receios não suportaram o sufoco
   Já que meus sentimentos começaram a dançar com minha imaginação. A imaginação que te criou.

sexta-feira, 2 de setembro de 2016

Segure minha mão e me mostre o caminho.



 
   Não quero frases prontas, quero que me diga o que quer.
   Não quero coisas caras e chamativas, quero que me demonstre o que sente, ou o que diz sentir.
   Não quero status, quero gestos.
   Não quero que me entenda, quero que me ajude a desvendar meus fantasmas.
   Quero que me ligue as três da madrugada só para me dizer algo bonito.
   Quero que ria das coisas que eu falo e ainda me chame de idiota.
   Quero compartilhar com você meus sonhos e medos, meus desejos e receios.
   Então, por qual motivo se mantem longe?
   Segure minha mão e me mostre o caminho.
   Me segure quando o mundo quiser me puxar para baixo.
   Me ature quando as vozes da minha mente gritarem
   Me acalme
   Me ame
   Me deseje
   E vê se não some.
   Eu adoro essa sua carinha de santinho
   De quem não quer nada
   E eu, tola, sempre acredito.

 

Coisas pra melhorar seu dia

Faça um chocolate quente Assista sua série favorita Mude o filme que sempre assiste de madrugad...