Minha paz.



 Ultimamente minha mente pesa, gira e não consigo pensar, ás vezes parece que estou deprimida, ou algo do gênero, mas na verdade minha mente pede paz, a paz que o dia me tira, que meus pensamentos afastam. Queria ser uma borboleta e voar para longe, voar e voar, ir em busca dos meu sonhos sem sofrer. Estudar sem me cansar e nem chorar, não me desesperar.
 Meu corpo é frágil, basta um toque que ele se quebra, minha alma também. Pode ser uma palavra, uma palavra não dita ou até um olhar negativo para aquele dia se tornar cinza. Tento trabalhar isso todos os dias em mim, e me olhar no espelho e pensar; Eu consigo!
  Todos os dias juro não desanimar e nem pensar negativo, não sou perfeita e nunca fui. Tem dias que tudo que eu queria era me trancar num potinho e esquecer. Não estou desistindo, estou descansando, algo que eu estou precisando. Minha mente fica ativa 24 horas, pensando, pensando e achando problemas onde não tem. Não tenho problemas e eu só tenho 14 anos, mas vai dizer isso para ela. Algo que sempre me acalma é conversar com Deus ou ficar deitada, quieta, apenas ouvindo minha respiração, ou dormindo no colo da mãe, melhor coisa. Eu preciso passar por isso, para realmente descobrir quem sou eu de verdade, si eu vou continuar amando listras e coisas do Tumblr ou vou gostar de Rock, si vou amar cabelos longos ou vou cortar curtinho, si vou finalmente ouvir algo e sorrir em troca, com a alma livre de todo peso que as pessoas me passam seja por palavras ou qualquer coisa, não ligar para os outros.

Comentários

  1. "Minha mente fica ativa 24 horas, pensando, pensando e achando problemas onde não tem." me definiu

    ResponderExcluir
  2. Que texto demais!!! Você escreve muito e tem muito sucesso. Amei!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É tão bom ler este tipo de comentário, obrigada!! Fico imensamente feliz..

      Excluir
  3. Nossa pela foto você não parece ter só 14 anos, gostei da sua escrita. Bem jovial e intensa! bjs
    www.pilateandosonhos.com

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Fotos que acalmam a alma.

Entrevista com Vanessa Brunt -Sem Quases-

15 Primaveras