quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Corpo.



Ele vai crescer, eu sei que vai.
Olhares aqui, risos ali.
Você é linda garota, para de drama!
Parece um graveto!
E o peito cadê? Perdeu?
Girafa.
Pernalonga.
Estranha.
Sem sal.
Magrela.
Palito.
Gaivota.
 

Em cada linha que existe em meus quadris ou em meu corpo são sorrisos. Em cada parte pequena são pássaros preste a voar. Em cada curva são linhas da vida que eu vou descobrir. Em cada palavra dita, são olhares prestes a inundar. Em cada olhar a partir do espelho, são sorrisos tirados.
  Você é como um anjo, suas asas não são vistas, seu sorriso ilumina. Olhe sua alma, não seus seios. Eles são tímidos, assim como você. Cada menina é linda da sua proporção, mais cheinha, magrinha, encorpada, baixa, alta. Pois no meio da madrugada, são apenas corpos descansando, e suas almas flutuando!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pra eu mesma

Oi 2014, sou eu. Sim, meu cabelo esta curto, sei que você sempre quis cortar. Queria que a Ana de 2014 soubesse de algumas coisas, por...