quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Deixe a porta aberta.


 Deixe a porta aberta querida, quem sabe um dia eu volte. Ou apenas deixe trancada, você me conhece eu não sou de voltar.
Não sou de mandar flores e muito menos de mandar mensagem, não curto ligação no outro dia e nem mensagens fofas pela manhã. Não costumo me apaixonar moça, não se apaixone por mim.
Repetia isso todos os dias, até você me ligar me dizendo bom dia, me convidando para sair e eu te dando uma rosa. Estava prometendo que não iria me apaixonar, eu menti.
Como pode uma menina ser tão linda? Seus cabelos voam ao vento sem se bagunçar, e se ficam bagunçados fica mais linda. Seus olhos são mares escuros que eu imploro afundar, seu corpo é um mistério que eu quero desvendar.
 Sua pele é tão iluminada, que parece o sol nascendo mais um dia, oh Deus como eu a amo.
Deixe a porta aberta querida ,por favor. Não aguentarei a saudade, seu cheiro está preso no meu apartamento, sua voz nas paredes e seu sorriso em minha mente, preciso de você, agora.
Espero que não seja tarde, demorei para falar isso eu sei, mas você me encantou. Eu te amo.

Estou chegando, me espere por favor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pra eu mesma

Oi 2014, sou eu. Sim, meu cabelo esta curto, sei que você sempre quis cortar. Queria que a Ana de 2014 soubesse de algumas coisas, por...